(16)99995-1824

NO AR

Sabadão Alto Astral

www.regionalfm985.com.br

Cidade

RIBEIRÃO PRETO: MULHER INFECTADA COM COVID-19 É ENCONTRADA E NEGA ATENDIMENTO, DIZ PREFEITURA

Publicada em 20/05/20 as 09:23h por G1 Noticias - 116 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Marcelo Moraes/EPTV)

Procurada desde quarta-feira (13) após ser diagnosticada com Covid-19, uma moradora de rua foi encontrada nA terça-feira (19) em uma praça no Centro de Ribeirão Preto (SP), mas recusou o atendimento oferecido pela Prefeitura, segundo Laura Aguiar, coordenadora do Serviço de Acolhimento para Adulto e Família.


A mulher foi localizada pela Guarda Civil Municipal (GCM) e estava em contato com outros moradores de rua. Após ser abordada por uma equipe da Assistência Social, ela recebeu uma marmita distribuída por voluntários de uma ONG e almoçou na praça.


Na segunda-feira (18), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) enviou um ofício para que a Prefeitura de Ribeirão Preto informe o protocolo de atendimento e isolamento de moradores de rua diagnosticados com a doença.


Para a OAB, a moradora em questão não foi convencida a aceitar a proposta por despreparo da equipe envolvida no atendimento. A coordenadora do Serviço de Acolhimento diz que todas as medidas para tentar levar a mulher à Casa de Passagem foram tomadas, mas a Prefeitura não pode obrigá-la a fazer isolamento social. O Ministério Público será acionado.


Como não tinha endereço fixo, ela passou a ser procurada pelas equipes responsáveis, de acordo com a Prefeitura.

Na manhã desta terça-feira, após ser comunicado pela GCM, o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) esteve na Praça das Bandeiras, no Centro, para informá-la sobre a situação e os riscos de transmissão da doença a outras pessoas.

Desde a chegada do novo corona vírus à Ribeirão Preto, a Secretaria de Assistência Social criou um protocolo de atendimento à população de rua. Nos casos em que há diagnóstico ou sintomas da doença, as pessoas são levadas à Casa de Passagem, onde podem ficar isoladas.

“Eu ofereci o serviço, falei que a Secretaria e a Prefeitura tinham disponibilizado um local para que ela possa ficar isolada, expliquei, mas ela disse que não está doente. Eu disse a ela que essa pandemia se alastra com facilidade, ela pega com facilidade e que ela precisaria ficar um prazo isolada, por segurança dela e das outras pessoas”, diz Isaías Cruz de Oliveira.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
REGIONAL QUER SABER: VOCE É A FAVOR DO ISOLAMENTO SOCIAL?

 SIM
 NÃO







.

LIGUE E PARTICIPE

Usuários Online: 882
Copyright (c) 2020 - Regional fm 98,5